ARTIGO

JANEIRO BRANCO

sexta, 14 de janeiro de 2022 às 15:46

Foto: TWS Comex

O janeiro branco nos trouxe a oportunidade de ouvir um pouco mais sobre o tema “Saúde Mental”, com a convidada especial Madalena Becker, uma pessoa fantástica, criadora do PsiSocial, um projeto que visa dar acesso ao atendimento psicológico com valores sociais na intenção de democratizar o acesso a saúde mental, e, nessa conversa, compartilhou sua visão sobre esse tema tão comentado nos últimos tempos e nos deixou algumas provocações sobre prevenção e autoconhecimento, que gostaríamos de compartilhar, pois, como ela mesmo comentou, “Nosso papel também é transmitir para os outros”.

 

Primeiramente, poder falar abertamente sobre a saúde mental está sendo uma quebra de tabu e um processo evolutivo nos últimos anos, considerando que há tempos atrás esse era um tema ainda mais velado, repleto de julgamentos, que envolvia vergonha, falta de conhecimento e incompreensão. Hoje, com o avanço da tecnologia, temos a oportunidade de ter acesso e conhecer mais sobre esse assunto, percebemos que é um problema que atinge todas as classes sociais, raças, sexo, idade, por outro lado, também temos plena ciência que essa mesma tecnologia, velocidade de informações, conteúdos, a imagem distorcida do que se acreditava ser um mundo, um corpo, ou um comportamento “perfeito”, gerou novas inseguranças e desencadeou alguns processos e sintomas relacionados a saúde mental.

 

O fato é que ainda estamos distantes de entender plenamente os caminhos da nossa mente e como a Madalena bem pontuou, não existe uma verdade absoluta quando falamos sobre saúde mental, tudo muda, a cada momento surge uma nova informação, um novo estudo, um novo diagnóstico, ainda estamos engatinhando, procurando respostas, às vezes um remédio que parecia eficaz naquele momento, desencadeia outros problemas e, no final, as pessoas seguem sem descobrir a causa, tratam apenas o sintomas e não se dão conta que existe um processo anterior que levou até aquele momento, por isso, a prevenção, a observação e o autoconhecimento são extremamente importantes e necessários para se passar pelos dias de turbulência, da melhor forma e com menor impacto possível. 

 

Na medicina alguns médicos costumam dizer que, o organismo está saudável quando os órgãos não gritam, chamam isso de “silêncio dos órgãos”, o mesmo processo acontece com a nossa mente, por isso é tão importante começar a perceber os sinais de quando algo não vai bem, perceber aqueles momentos que a nossa mente começa a falar mais alto, alterando nosso sono, humor, apetite e memória. Precisamos estar atentos e abertos para escutar os sussurros do nosso corpo e da nossa mente, buscando compreender aquilo que estão tentando nos dizer, para iniciar alguns movimentos que nos apoiem nesse processo de autoconhecimento e equilíbrio. Tenha sempre espaços na sua agenda reservados exclusivamente para você, abrace suas vulnerabilidades, procure assistir e ler coisas que te façam sorrir mais, cuide da alimentação do corpo e da mente, ouça suas músicas prediletas, dance, cante, encontre atividades físicas que te deem prazer, medite, zele pelo seu sono, se aceite e seja feliz. Que o branco esteja com você!

 

Por Lelia Morais

Simplifique os seus negócios internacionais

Venha para a TWS Comex e tenha acesso a tudo isso 24 horas por dia através do TWS Gestão Online